sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Melhorias no Livro de Ofertas e Times & Trades

A partir da versão 3.0.42 estarão disponíveis uma série de melhorias no Livro de Ofertas e Times & Trades.



Obs.: estas melhorias já estão disponíveis em uma prévia da versão 3.0.42 nas plataformas Java Web, Java Desktop e Silverlight. Para atualizar sua plataforma Web basta fechar o navegador e abrir a plataforma novamente. Para atualizar sua plataforma Desktop basta baixar novamente o arquivo investcharts.jar do site.

1) Livro Resumido sem limite de agrupamentos

Antes o livro de ofertas resumido permitia no máximo 20 agrupamentos de preço. Agora este limite não existe mais, permitindo assim agrupar o livro de ofertas inteiro.





2) Monitorar Corretoras

Agora é possível destacar através de cor as ofertas de uma determinada corretora. Para isso basta selecionar a corretora desejada, clicar na opção "Monitorar" e selecionar a cor de destaque.





3) Monitorar Quantidade

Além das corretoras é possível destacar determinadas quantidades no livro de ofertas, de acordo com critérios específicos, como por exemplo: Quantidade maior ou igual a 5000, Quantidade menor que 1000, etc.





As configurações de monitoramento podem ser exportadas do Livro de Ofertas para o Times & Trades e vice-versa.





O botão "Padrão" restaura as configurações iniciais do Livro de Ofertas e Times & Trades.

4) Volume no Preço

A aba Volume no Preço do Times & Trades mostra todos os preços negociados de um ativo no dia e suas respectivas quantidades e volumes (onde volume = preço x quantidade). Através do gráfico de volume fica mais fácil visualizar em que nível de preço o ativo é mais ou menos negociado.



Com o monitoramento através de cores fica mais fácil visualizar a ação das corretoras.



sábado, 18 de outubro de 2014

Novidades da Versão 3.0.41

1) Novas opções no indicador Trend Following:

Heikin-Ashi
Cruzamento de Médias

2) Opção de travar estudos no gráfico



3) Opção de não exibir estudos no gráfico



4) Opção de traçar estudos no modo magnético

O modo magnético faz com que os estudos traçados no gráfico (linhas de tendência, canais, fibonacci, etc.) sejam automaticamente atraídos pelos preços de máxima, mínimo, fechamento e abertura dos candles caso esteja próximo deles, como se fosse um imã.

5) Novo tipo de gráfico: Hollow Candles

Saiba mais: Hollow Candles

6) Configuração de símbolos no gráfico para alarmes disparados

Saiba mais: Alarmes disparados no gráfico

7) Novos Modelos de Setup:

- Gap (Alta)
- Gap (Baixa)
- Gap de Abertura (Alta)
- Gap de Abertura (Baixa)
- Gap de Abertura acima de 2% (Alta)
- Gap de Abertura acima de 2% (Baixa)
- Preço Próximo da Máxima
- Preço Próximo da Mínima
- Topo Ascendente
- Topo Descendente
- Fundo Ascendente
- Fundo Descendente
- Variação no dia acima de 5% (Alta)
- Variação no dia abaixo de -5% (Baixa)
- Variação na semana acima de 10% (Alta)
- Variação na semana abaixo de -10% (Baixa)
- Variação no ano acima de 20% (Alta)
- Variação no ano abaixo de -20% (Baixa)
- Elder Impulse System Sinalizando Compra
- Elder Impulse System Sinalizando Venda
- Elder Impulse System em Divergência
- Elder Impulse System em Tendência de Alta
- Elder Impulse System em Tendência de Baixa
- Elliott Wave de Alta na Onda 3 (GrandSuper Cycle)
- Elliott Wave de Alta na Onda 5 (Cycle)
- Elliott Wave de Alta na Onda A (Intermediate)
- Elliott Wave de Baixa na Onda 3 (GrandSuper Cycle)
- Elliott Wave de Baixa na Onda 5 (Cycle)
- Elliott Wave de Baixa na Onda A (Intermediate)

Saiba mais: Importando Setups pré-configurados

8) Novos Indicadores:

- Suporte e Resistência
- Elder Impulse System
- Elliott Wave
- Inside Bar/Candle
- Gap

Saiba mais:
Indicador Suporte e Resistência
Indicador Elliott Wave
Setups: Inside Bar/Candle
Setups: Elder Impulse System


Indicador Elliott Wave

O Indicador Elliott Wave faz a contagem automática das Ondas de Elliott no gráfico.



Teoria

A teoria das Ondas de Elliott foi desenvolvida por Ralph Nelson Elliott e publicada em seu livro "The Wave Principle" em 1938. Esta teoria afirma que o comportamento das multidões flui e reflui em tendências claras. Com base nesse fluxo e refluxo, Elliott identificou uma certa estrutura para os movimentos de preços nos mercados financeiros. Basicamente os movimentos ocorrem em uma sequência de 8 ondas, onde as 5 primeiras são ondas de impulsão e as últimas 3 são ondas de correção.

As ondas de impulsão (1, 2, 3, 4, 5) acompanham a tendência atual, ou seja, se movem para cima em uma tendência de alta e para baixo em uma tendência de baixa.



Note que as ondas 2 e 4 representam correções dentro da sequência de impulsão, ou seja, estão contra a tendência principal.

As ondas de correção (a, b, c) apresentam o seguinte padrão:



A sequência completa das 8 ondas apresenta o seguinte padrão:



Natureza Fractal

As Ondas de Elliott apresentam uma natureza fractal, a qual pode ser observada através de 9 níveis:



O nível mais alto (GrandSuper Cycle) pode levar vários anos para ser concluído enquanto o nível mais baixo (Subminuette) pode ser concluído em poucos dias. Note que cada nível possui uma nomenclatura específica para as 8 ondas de forma que seja possível distinguí-los no gráfico.

Em todos os níveis o padrão das 8 ondas se repete, independente de quanto tempo leve para que isso aconteça. Por este motivo enquanto as ondas em um nível mais alto ainda estão em formação é possível observar ondas em níveis mais baixos concluindo a sua formação.



Regras

Existem 3 regras básicas para a formação das Ondas de Elliott:

Regra 1: A onda 2 não pode se sobrepor mais de 100% sobre a Onda 1.

Regra 2: A onda 3 não pode ser a menor das ondas de impulsão (1, 3, 5).

Regra 3: A onda 4 não pode se sobrepor sobre a Onda 1.



Parâmetros de configuração:



Na janela de configuração de parâmetros do indicador é possível selecionar quais níveis serão visualizados no gráfico, assim como sua respectiva cor. Também é possível selecionar quais ondas serão exibidas: Impulsão e Correção, somente Impulsão ou somente Correção, assim como a tendência no gráfico: Alta ou Baixa.

É possível flexibilizar ou enrijecer os parâmetros que controlam as 3 regras básicas das Ondas de Elliott: o parâmetro "Sobrep. O2" especifica qual é o limite máximo de sobreposição da Onda 2 sobre a Onda 1, enquanto o parâmetro "Sobrep. O4", especifica o limite de sobreposição da Onda 4 sobre a Onda 1. Por padrão o primeiro parâmetro segue o especificado na teoria, enquanto o segundo parâmetro, que deveria ser 0%, tem por padrão uma tolerância de 50%. O parâmetro "Onda 3 > onda 1 ou 5" por padrão segue o especificado na segunda regra da teoria.

O algoritmo de contagem automática das ondas tenta identificar o término das mesmas levando em consideração os ciclos selecionados e de acordo com a configuração faz uma projeção da área onde a próxima onda, ainda em formação, poderá estar localizada, conforme exemplo abaixo:



Note que a identificação da onda, de acordo com a nomenclatura adotada para cada um dos 9 níveis, é exibida no seu ponto final. No exemplo acima temos o nível "GrandSuper Cycle", o maior de todos. Para identificar o início de todas as 8 ondas utilizamos o "O" ou "0" em complemento a nomenclatura definida por Elliott.

domingo, 14 de setembro de 2014

Setups: Elder Impulse System

O Elder Impulse System foi desenvolvido por Alexander Elder e tem por objetivo identificar pontos de inflexão onde a tendência acelera ou desacelera. Para isso são utilizados 2 indicadores: uma média móvel exponencial de 13 períodos e o MACD Histograma. A média móvel identifica a tendência, enquanto o MACD Histograma mede o momentum. Como resultado, o Elder Impulse System combina tendência a seguir e momento para identificar os impulsos negociáveis​​. O resultado da combinação destes 2 indicadores é codificado em cores no gráfico da seguinte forma:



Verde (tendência de alta):
(Média Móvel ascendente e MACD Histograma ascendente)

Vermelho (tendência de baixa):
(Média Móvel descendente e MACD Histograma descendente)

Azul (divergência):
(Média Móvel ascendente e MACD Histograma descendente) ou
(Média Móvel descendente e MACD Histograma ascendente)

Ascendente significa que o valor no candle/barra atual é maior que o valor no candle/barra anterior e descendente significa que o valor no candle/barra atual é menor que o valor no candle/barra anterior.



Os campos "Período curto", "Período longo" e "Sinal" fazem parte da configuração do MACD Histograma enquanto os campos "Média móvel" e "Tipo da média móvel" fazem parte da configuração da Média Móvel.

Para saber se a tendência em um determinado candle do gráfico, especificado por sua posição (ref.), é de alta, de baixa ou divergente, basta comparar o resultado do indicador "Elder Impulse System" da seguinte forma:

0 = Tendência de Alta
1 = Tendência de Baixa
2 = Divergência

Tendência de Alta: para identificar se o candle atual está em tendência de alta siga as configurações abaixo:





Tendência de Baixa: para identificar se o candle atual está em tendência de baixa siga as configurações abaixo:





Divergência: para identificar se o candle atual está em divergência siga as configurações abaixo:





Sinalizando Compra: para saber se o indicador está sinalizando compra siga as configurações abaixo:



Sinalizando Venda: para saber se o indicador está sinalizando venda siga as configurações abaixo:



Indicador Suporte e Resistência

Para visualizar Suportes e Resistências automaticamente no gráfico utilize o Indicador Suporte e Resistência:



É possível configurar a quantidade de suportes e resistências que serão exibidas no gráfico:



O campo "Margem (%)" permite filtrar (descartar) suportes e resistências próximos. No exemplo de configuração acima os suportes e resistências cuja variação percentual entre um e outro for menor que 0,15% são descartados. No caso do suporte é descartado o de maior valor enquanto no caso da resistência é descartada a de menor valor. Ao configurar a margem em 0,00% nenhum suporte ou resistência é descartado.

sábado, 13 de setembro de 2014

Setups: Inside Bar/Candle

Inside Bar/Candle é uma barra/candle que não representa evolução no movimento de preço, ou seja, sua máxima é menor que a do candle/barra anterior e a mínima é maior que a do candle/barra anterior. No rastreamento de topos e fundos este tipo de barra/candle é sempre descartado.



O indicador "Inside Bar/Candle" permite destacar estes candles/barras no gráfico com cor diferente:



No gráfico acima estes candles/barras do tipo "inside" estão em amarelo.



Se a opção "Somente barra ou candle anterior" estiver selecionada então apenas a máxima/mínima do candle anterior é considerada, caso contrário será utilizada a máxima/mínima do último candle/barra normal (que não seja do tipo "inside"). Note que neste caso, com esta opção desmacarcada, é possível visualizar com frequência uma sequência de vários inside bars/candles no gráfico.

Para identificar se um candle/barra é do tipo "inside" utilize a seguinte configuração:





O resultado do cálculo do indicador "Inside Bar/Candle" igual a 1 significa que o candle/barra na posição (ref.) selecionada é do tipo "inside".

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Alarmes disparados no gráfico

Para visualizar os alarmes disparados no gráfico selecione a opção "Alarmes disparados: exibir" na janela "Configurar gráfico":



Na janela "Inserir alarme" é possível selecionar o símbolo que deverá ser exibido no gráfico quando o alarme disparar:



Veja alguns exemplos de gráficos com alarmes disparados: