sábado, 11 de maio de 2019

Novidades da Versão 3.0.62

1) Backtest: Novas opções de Stop Gain/Loss

A partir da versão 3.0.62 é possível configurar stop gain/loss utilizando novas opções:

    Mínimo - Preço nínimo do candle atual
    Máximo - Preço máximo do candle atual
    Mínimo ant. - Preço mínimo do candle anterior
    Máximo ant. - Preço máximo do candle anterior
    Lowest (2) - Preço mínimo dos últimos 2 candles
    Highest (2) - Preço máximo dos últimos 2 candles




2) Backtest: Resultados individuais

Além do desempenho individual de cada ativo no backtest, agora também é possível visualizar o backtest individual de cada ativo configurado. Dessa forma temos agora 2 abas no resultado de um backtest com mais de um ativo: Desempenho individual e Backtest individual. A aba Desempenho individual mostra a participação do ativo no resultado geral do backtest, junto com os demais ativos, enquanto a aba Backtest individual mostra o resultado isolado do ativo no backtest, ou seja, como se ele fosse o único configurado na lista de ativos do backtest.



3) Backtest: Opção de se usar até 4 Setups

Agora é possível utilizar até 4 setups no backtest quando a posição dos trades for tanto comprada quanto vendida (Ambas). Quando o tipo da posição do backtest é Ambas os trades podem ser tanto do tipo comprado como vendido. A opção Ambas 4S permite que se use um setup diferente para a entrada e saída tanto na posição comprada quanto na posição vendida, dando assim maior flexibilidade nas estratégias que podem ser utilizadas no sistema.



4) Regras de Alarmes: Novas opões de Preço

Foram incluídas novas opções de preço nas regras de alarme, as quais permitem especificar com precisão períodos/intervalos gráficos: Segundo, Minutos/dia, Segundos/dia.



5) Ordens Automáticas: Opção de abrir e encerrar posição

Agora é possível especificar com maior precisão o tipo de operação de cada Ordem Automática: Inverter posição, Abrir posição ou Encerrar posição. Antes era possível apenas inverter a posição, de comprado para vendido ou vendido para comprado. Agora quando uma posição estiver aberta e um alarme associado a uma ordem que abre posição disparar nada acontece. O mesmo vale para a condição oposta, ou seja, se o sistema não estiver posicionado em um determinado ativo e um alarme associado a uma ordem que encerra posição neste ativo disparar nada acontece.



6) Indicador IFR: Opções de preço

O indicador IFR por padrão é calculado sobre o preço de fechamento. Agora é possível selecionar outras opções de preço além do fechamento: Abertura, Máximo, Mínimo, Médio.



7) Link DDE: Colunas para Opções

Foram incluídas novas colunas no Link DDE para as opções:

    OPCVLH - Volatilidade histórica
    OPCVLI - Volatilidade implícita
    OPCVHI - Volatilidade histórica / volatilidade implícita
    OPCSTK - Strike
    OPCTEO - Preço teórico
    OPCDLT - Delta
    OPCGMA - Gama
    OPCVGA - Vega
    OPCTHT - Theta
    OPCRHO - Rho
    OPCVIN - Valor intrínseco
    OPCVEX - Valor extrínseco
    OPCTIP - Tipo: CALL ou PUT
    OPCSIT - Situação: ATM, ITM ou OTM
    OPCEXC - Exercício: AMERICANA ou EUROPÉIA


8) Novo Indicador: Padrões Gráficos (BETA)

Saiba mais: Setups: Padrões Gráficos

sábado, 23 de março de 2019

Setups: Padrões Gráficos

O indicador Padrões Gráficos, disponível a partir da versão 3.0.62 da plataforma, é um complexo Algoritmo que utiliza uma série de outros indicadores (Médias Móveis, ADX, IFR, Pontos de Pivot, Volume, OBV) além de Price Action e formações de Candlestick para localizar pontos de compra e venda no gráfico de 15 minutos. Estes padrões são criteriosamente filtrados através de um longo processo de backtest que já dura vários meses, ou seja, sempre que um determinado padrão localizado pelo algoritmo resulta em um trade (operação) com prejuízo, o mesmo é refinado de forma a filtrar (excluir) essa operação. Este processo de refinamento vem tornando o algoritmo cada vez mais consistente de forma que as operações com prejuízo estão diminuindo conforme o algoritmo evolui.

Inicialmente o foco deste Indicador Algoritmo são os contratos futuros do índice bovespa (INDFUT/WINFUT) e dolar (DOLFUT/WDOFUT). No futuro deveremos disponibilizar uma atualização para ações.



No gráfico é possível observar que os sinais de compra são identificados por uma barra verde (positiva), enquanto os sinais de venda são identificados por uma barra vermelha (negativa).

Ordens Automáticas e Backtest

Este indicador foi criado com o objetivo de demonstrar o uso das Ordens Automáticas em conjunto com Backtest. Da forma que montamos é possível acompanhar com grande proximidade de valores as operações executadas pelo Backtest e as ordens automáticas no Simulador.



Para ver o funcionamento deste algoritmo na prática, em conjunto com as ordens automáticas e backtest, siga as instruções abaixo:

1) Importe os modelos de setups deste indicador. Para isso abra a janela de Backtest, clique no botão Setups, depois clique no botão Inserir, em seguida clique em Modelos e selecione os setups, conforme tela abaixo. Repita este procedimento para os 4 setups do indicador Padrões Gráficos, um de cada vez.



2) Crie o backtest para o contrato futuro do índice bovespa. Na janela Backtest clique no botão Inserir e em seguida faça a configuração conforme tela abaixo:



3) Crie o backtest para o contrato futuro do dolar. Na janela Backtest clique no botão Inserir e em seguida faça a configuração conforme tela abaixo:



4) Crie o alarme de compra do índice futuro bovespa. Para isso abra a janela de Alarmes, clique no botão Inserir, selecione o ativo WINFUT, depois clique em Setups e escolha o setup Padrões Gráficos [Sinal de Compra] (15) Alarme, inserido no primeiro passo, conforme tela abaixo:



5) Crie o alarme de venda do índice futuro bovespa. Para isso abra a janela de Alarmes, clique no botão Inserir, selecione o ativo WINFUT, depois clique em Setups e escolha o setup Padrões Gráficos [Sinal de Venda] (15) Alarme, inserido no primeiro passo, conforme tela abaixo:



6) Crie o alarme de compra do dolar futuro. Para isso abra a janela de Alarmes, clique no botão Inserir, selecione o ativo WDOFUT, depois clique em Setups e escolha o setup Padrões Gráficos [Sinal de Compra] (15) Alarme, inserido no primeiro passo, conforme tela abaixo:



7) Crie o alarme de venda do dolar futuro. Para isso abra a janela de Alarmes, clique no botão Inserir, selecione o ativo WDOFUT, depois clique em Setups e escolha o setup Padrões Gráficos [Sinal de Venda] (15) Alarme, inserido no primeiro passo, conforme tela abaixo:



8) No final do processo de criação voce deverá ter esses 4 alarmes em execução na sua plataforma, conforme tela abaixo:



9) Configure o intervalo entre disparos dos alarmes para 850 segundos. Para isso clique no botão Opções da janela de Alarmes e altere o valor, conforme exemplo abaixo:



10) Ative o roteamento de ordens no Simulador. Para isso abra a janela Minha Conta, botão amarelo no canto superior direito da tela da plataforma, selecione a aba Roteamento de Ordens, em seguida selecione a corretora Simulador, depois marque a opção Manter ativado e clique no botão Ativar, conforme tela abaixo:



11) Crie a ordem automática de compra do índice futuro bovespa. Para isso abra a janela de Ordens, selecione a aba Automáticas e clique no botão Inserir. Depois faça a configuração da ordem automática conforme tela abaixo:



12) Crie a ordem automática de venda do índice futuro bovespa. Para isso abra a janela de Ordens, selecione a aba Automáticas e clique no botão Inserir. Depois faça a configuração da ordem automática conforme tela abaixo:



13) Crie a ordem automática de compra do dolar futuro. Para isso abra a janela de Ordens, selecione a aba Automáticas e clique no botão Inserir. Depois faça a configuração da ordem automática conforme tela abaixo:



14) Crie a ordem automática de venda do dolar futuro. Para isso abra a janela de Ordens, selecione a aba Automáticas e clique no botão Inserir. Depois faça a configuração da ordem automática conforme tela abaixo:



15) Insira um gráfico de 15 minutos do índice futuro bovespa (WINFUT).



16) Ative o Chart Trading. Para isso abra a janela de configuração do gráfico e marque as opções Ativado e Exibir Boleta do item Chart Trading, conforme exemplo abaixo:



17) Configure a posição da boleta do gráfico para Intraday. Para isso clique no botão Configurar que fica na parte inferior da boleta do gráfico e em seguida selecione a opção Intraday no campo Posição, conforme exemplo abaixo:



18) Insira uma Execução de Setup para o backtest do indicador Padrões Gráficos, criado no passo (2). Para isso abra a janela de configuração do gráfico, selecione a aba Execução de Setups, depois clique no botão Inserir.



19) Na janela Inserir execução de setups preencha os campos conforme exemplo abaixo:



20) Repita os passos 15 a 19 para o dolar futuro (WDOFUT).

Observações importantes:

1) Tanto o backtest do índice futuro bovespa como do dolar futuro operam 5 contratos e tem um stop gain configurado para R$ 200,00 que equivale a 200 pontos no índice e 4 pontos no dolar. O stop loss foi configurado para o triplo do stop gain, de forma que o índice de acerto do algoritmo seja maior, quando comparado com um stop loss menor.

2) Para que o backtest tenha um resultado muito próximo da realidade o sistema trabalha apenas com Candles Fechados, ou seja, ignora o candle atualmente em negociação (aberto). Em função disso o preço de entrada e saída do backtest é o de abertura, ou seja, o setup analisa os candles fechados e caso ocorra um sinal de compra ou venda a operação é sempre realizada na abertura do candle seguinte.

3) Estamos ampliando a base histórica dos gráficos de 15 minutos (e seus múltiplos) para 24 meses. Atualmente estes gráficos chegam até AGO/2017, ou seja, já temos 19 meses e em agosto deste ano os gráficos de 15 minutos chegarão aos 24 meses de histórico.

4) As ordens automáticas utilizam a opção de preço À mercado para evitar que em função de alguma disparada de preço a operação não seja executada. Nada impede que voce opte por utilizar um outro tipo de preço como por exemplo Disparo do alarme.

5) Com esta configuração é possível acompanhar em tempo real a execução do backtest no gráfico, com suas respectivas entradas e saídas. Quando a operação é lucrativa o fundo do gráfico fica verde e quando resulta em prejuízo o fundo do gráfico fica vermelho. Na boleta do gráfico é possível acompanhar o ganho no dia e o andamento das operações.

6) Nem sempre o algoritmo detecta operações em um dia. Pode ocorrer de ficar até 2 ou 3 dias sem uma operação sequer. Também pode ocorrer de termos até 10 operações em um único dia, tanto no índice como no dolar. Na média o algoritmo tem de 1 a 2 operações (trades) no dia.

7) Como o algoritmo ainda está em fase de testes (beta), recomendamos fortemente o uso do Simulador antes de começar a operar na sua conta real na corretora. Também é recomendável, logo no início, operar uma quantidade mínima de contratos, ou seja, apenas 1.

8) A opção Manter ativado do roteamento de ordens permite que as ordens automáticas sejam executadas em nosso sistema (na nuvem), mesmo quando a sua plataforma estiver fechada.

9) Para interromper a execução das ordens automáticas basta desativar o roteamento de ordens. Também é possível interromper a execução das ordens caso os alarmes estejam desativados.

10) Em atualizações futuras da plataforma certamente teremos melhorias no algoritmo, as quais irão ocorrer conforme o algoritmo ganha experiência e aprende com seus erros (filtros).

OBS.: este artigo de análise técnica tem objetivo educacional e não representa sugestão de compra ou venda de ativos.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Confira o desempenho do IFR2 Otimizado no intraday

O setup IFR2 Otimizado tem apresentado um resultado consistente no intraday, gráfico de 60 minutos, com um lucro de 27% e índice de acerto de 73% desde JAN/2018.





Nos últimos 12 meses o lucro deste setup ultrapassa 120% e o índice de acerto chega próximo a 75%.





As configurações deste backtest são as seguintes:



Para maiores informações consulte o artigo abaixo:
Exemplo de Backtest: Otimizando o IFR2 (ações do IBOV)

Este setup já vem pré-configurado na plataforma:



Para saber como acessar e importar estes modelos de setup consulte o artigo abaixo:
Importando Setups pré-configurados

Para maiores informações sobre Backtest consulte o artigo abaixo:
Módulo de Backtest

OBS.: este artigo de análise técnica tem objetivo educacional e não representa sugestão de compra ou venda de ativos.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Novidades da Versão 3.0.61

1) Posição Geral na corretora XP

A partir da versão 3.0.61 a Posição Geral vai estar disponível para a corretora XP. Desta forma será possível acompanhar a posição consolidada das operações. No entanto é muito importante que todas as ordens sejam enviadas a partir da plataforma InvestCharts, ou que, no final da dia o roteamento de ordens seja ativado para que todas as ordens executadas no dia sejam atualizadas/registradas no sistema.



2) Variação percentual na Posição

Foi incluída a coluna "%" que informa a variação percentual da posição do ativo.

Posição Geral x Intraday

Na janela de Ordens a aba Posição exibe a qtde dos ativos em carteira. Conforme as ordens vão sendo executadas a posição dos ativos é atualizada em tempo real. A opção Geral informa a posição consolidada dos ativos enquanto a opção Intraday informa a posição dos ativos no dia, ou seja, de acordo com as ordens executadas no dia.

Exemplo de Posição Geral:


Exemplo de Posição Intraday:


A partir da versão 3.0.61 a Posição Geral vai estar disponível para a corretora XP. Desta forma será possível acompanhar a posição consolidada das operações. No entanto é muito importante que todas as ordens sejam enviadas a partir da plataforma InvestCharts, ou que, no final da dia o roteamento de ordens seja ativado para que todas as ordens executadas no dia sejam atualizadas/registradas no sistema.

Ajutes de Posição

Caso alguma ordem não tenha sido registrada no sistema, ou seja, tenha sido enviada, por exemplo, através do Home Broker da corretora, então é possível inserir manualmente esta ordem na plataforma através do botão Inserir da aba Histórico.



Na janela Inserir Ordem preencha todas as informações e depois clique no botão OK.



Caso algum ativo tenha mudado de código, sofrido algum split, grupamento ou qualquer outra mudança do tipo é possível fazer o ajuste na plataforma removendo todas as ordens do ativo e inserindo novamente com código novo, valores e quantidades (lotes) atualizados.

Para remover todas as ordens de um ativo clique na aba Resultado e depois selecione o ativo desejado e em seguida clique not botão Remover.



Na aba Histórico, para remover uma ordem específica basta selecioná-la e depois clicar no botão Remover.



domingo, 25 de fevereiro de 2018

Ajustando o Tamanho da Tela

Devido a grande variedade de tamanhos e resoluções de tela a plataforma móvel (Android, iPhone, iPad e Kindle) permite a configuração do zoom e escala de tela.

Na tela abaixo temos as opções de configuração nos aparelhos Android e Kindle:



Na tela abaixo temos as opções de configuração nos aparelhos iPhone e iPad:



Nos aparelhos Android e Kindle é possível configurar o Modo Retina, o qual permite ajustar a escala da tela em até 8 vezes, ou seja, em aparelhos com resoluções muito alta a tela em tamanho original (1x) ficaria muito pequena, como no exemplo abaixo:



No exemplo abaixo temos a mesma tela com uma escala maior (2x), a qual fica mais legível:



Quando a plataforma é acessada pela primeira vez em um aparelho Android ou Kindle ela ajusta automaticamente o Modo Retina de forma que a tela não fique muito pequena.

Nos aparelhos iPhone e iPad não é possível configurar a escala (Modo Retina) pois o próprio sistema (iOS) já faz isso.

Além da escala também é possível configurar um zoom, de 50% até 300%, onde 100% representa o tamanho original/normal da tela.

No exemplo abaixo temos uma tela Android com escala 2x e zoom de 125%



Neste outro exemplo temos uma tela Android com escala 1x e zoom de 175%



No exemplo a seguir temos uma tela iPad com zoom de 100%



A mesma tela iPad com zoom de 125%



Para a melhor visualização da plataforma no seu aparelho experimente fazer os ajustes de tamanho de tela, pode ser que algum deles fique mais adequado às suas preferências.

Sincronizando Configurações: computador, celular, tablet, etc.

Quando a plataforma é acessada de um computador ou notebook o sistema carrega automaticamente as configurações armazenadas na nuvem. A nuvem é o local onde ficam nossos servidores e banco de dados. Da mesma forma qualquer configuração feita na plataforma a partir de um computador ou notebook (gráficos, estudos, indicadores, etc.) é automaticamente salva na nuvem.

Já na plataforma móvel (Android, iPhone, iPad ou Kindle) acessada a partir de um celular ou tablet o processo é diferente. Na primeira vez que a plataforma móvel é acessada ela carrega as configurações armazenadas na nuvem e depois mantém uma cópia no próprio aparelho, para evitar o consumo de internet e permitir ao usuário fazer os ajustes necessários para melhor adaptá-la a tela menor do aparelho.

Depois disso para sincronizar as configurações da plataforma móvel com a nuvem utilize a opção Minha Conta, botão amarelo que fica no canto superior direito da tela:



Na janela Minha Conta selecione a aba Configurações:



Na aba Configurações existem 2 opções: a primeira, Importar configurações da nuvem, substitui as configurações do aparelho pelas configurações armazenadas na nuvem enquanto a segunda opção, Salvar configurações na nuvem, salva as configurações do aparelho na nuvem, de forma que possam também ser acessadas em computadores ou notebooks.

Antes de executar o sincronismo das configurações a plataforma exibe um aviso informando o que será feito e solicita a confirmação do usuário:

Importar configurações da nuvem


Salvar configurações na nuvem